quinta-feira, 31 de março de 2011

ojogo.pt - Guarín é o favorito mas com pressão

André Villas-Boas tem um problema. Mas dos bons. Ontem, recebeu no treino dois médios em alta, muito por culpa das excelentes exibições realizadas ao serviço das respectivas selecções; hoje receberá mais um. Rúben Micael assinou dois golos por Portugal, Guarín marcou um pela Colômbia, para além de ter assistido Falcao para outro, enquanto Belluschi - junta-se apenas hoje à equipa - voltou a representar a Argentina, quase quatro anos depois da última experiência. Para além da motivação que trouxeram da passagem pelas selecções, os três jogadores partilham ainda mais; a começar, e no plano teórico, um lugar na equipa inicial no clássico do Estádio da Luz, uma vez que Fernando e João Moutinho têm presença garantida no onze para domingo.

Apesar de uma estreia de sonho na Selecção Nacional, Rúben Micael terá pouca esperança de ser uma surpresa frente ao Benfica, tendo em conta as mais recentes opções de André Villas-Boas, que tem relegado o internacional português para o quinto elemento na hierarquia do meio-campo portista. Nesse sentido, a luta parece fazer-se apenas a dois: Guarín ou Belluschi? O colombiano, que somou 180 minutos nos dois jogos que realizou pela selecção, atravessa um grande momento de forma, enquanto Belluschi está motivado por um regresso há muito desejado. Apesar de ter jogado menos tempo - 45 minutos -, o argentino tem a desvantagem, relativamente a Guarín, de uma viagem desgastante aos EUA e Costa Rica. Mas só hoje, com o plantel completo, é que começará a competição interna por um lugar...

quarta-feira, 30 de março de 2011

terça-feira, 29 de março de 2011

COLÔMBIA - CHILE

No jogo COLÔMBIA - CHILE, a Colômbia perdeu com o Chile por 0-2. O Guarín jogou a titular e teve um cartão amarelo aos 42min.



ojogo.pt - Trabalhar para a Copa América e para o... Mundial no Brasil

Depois da vitória sobre o Equador, Guarín foi um dos jogadores mais procurados pela Comunicação Social colombiana. O médio falou sobre a sua prestação, mas também destacou a "boa exibição" da equipa. "Estou muito contente. A Colômbia mereceu aquele triunfo. Trabalhámos muito e bem, estivemos sempre disponíveis, realizámos um grande jogo colectivo a ainda marcámos dois golos lindos", afirmou, antes de enumerar o que se segue: "Estamos a melhorar e temos os nossos objectivos bem definidos: fazer uma boa Copa América e conseguir a qualificação para o próximo campeonato do mundo."

ojogo.pt - Um esquema para ele

A Colômbia jogou, em Madrid, no mesmo esquema que André Villas-Boas utiliza no FC Porto. Falcao ficou colado no centro do ataque, acompanhado por dois alas, enquanto Guarín jogou sobre o lado esquerdo do triângulo central do meio-campo, que foi reforçado com Abel Aguilar (trinco) e Carlos Sánchez (médio-centro). Desta forma, o avançado jogou mais perto da área, o que nem sempre aconteceu na selecção, enquanto Guarín teve a oportunidade de integrar muitas vezes os lances ofensivos da equipa, quando no passado quase se limitava às tarefas defensivas. O próprio médio reconheceu que esta nova fórmula lhe oferece mais soluções e protagonismo. "É um esquema que me dá mais liberdade para jogar e a alegria de poder acompanhar o ataque com maior frequência. Fico a ganhar com este esquema e acredito que isso ficou demonstrado nesta partida", explicou.

ojogo.pt - Guarín "Falcao entende os meus passes"

Guarín está em grande, Falcao também e a selecção da Colômbia agradece. Os dois marcaram na vitória (2-0) frente ao Equador, com o médio a reivindicar ainda o mérito de ter oferecido um golo a Falcao, o segundo do encontro particular. O passe de Guarín, arrancado da zona central do terreno, esburacou a defesa adversária e deixou isolado o avançado, que teve apenas de contornar o guarda-redes antes de assinalar o regresso aos golos pela selecção. Depois desse jogo, realizado em Madrid, os elogios à dupla portista têm-se sucedido, não só na Colômbia - definitivamente rendida à dupla do FC Porto -, mas também de Espanha, de onde surgem notícias de clubes interessados na contratação de Guarín. O médio prefere, no entanto, destacar o bom entendimento com Falcao no relato detalhado do segundo golo da partida. "Foi uma grande jogada. A selecção do Equador deu mais espaço na segunda parte e sei que o Falcao faz muito bem as diagonais... Ele entende os meus passes, como ficou demonstrado naquele momento, tendo depois concluído o lance como tão bem o sabe fazer", explicou.

Guarín foi ainda considerado o melhor jogador em campo, transportando para a selecção as sensações de felicidade que tem vivido no FC Porto. Aliás, até repetiu os festejos das partidas mais recentes que realizou em Portugal. "Estou muito feliz por ter marcado nos últimos cinco jogos. É um grande momento. A verdade é que são os golos que nos trazem as maiores alegrias no futebol. Mas, agora, há que continuar da mesma forma, porque isto não termina aqui." O golo, esse, surgiu de fora da área, embora tenha trocado a força que habitualmente aplica nos remates, por uma execução técnica de grande qualidade. "Foi de livre. Percebi que tinha espaço para meter a bola por fora da barreira, com efeito, e felizmente entrou".

A Colômbia repete hoje o encontro amigável, desta vez frente ao Chile, precisamente o último adversário de Portugal. A partida realiza-se em Haia, às 19h45, e deverá voltar a ter a dupla do FC Porto no onze inicial. No entanto, o seleccionador Hernán Darío Gómez ainda não tinha anunciado a equipa, admitindo-se, na Imprensa colombiana, algumas mudanças, mas apenas por uma eventual gestão do estado físico de alguns jogadores.

segunda-feira, 28 de março de 2011

record.xl.pt - Tiros de Fredy Guarín para quebrar barreiras



O colombiano Fredy Guarín confirmou o excelente momento de forma que está a viver na partida em que a sua seleção bateu a do Equador (2-0), em Madrid. O camisola número 6 do FCPorto abriu o ativo de livre direto – ainda não tinha marcado desta forma desde que chegou ao FC Porto –, mantendo-se na senda dos golos. São 5 jogos consecutivos a marcar – 4 pelos dragões e 1 pela sua seleção – na antecâmara da deslocação portista à Luz.

O médio natural de Puerto Boyacá, situada a norte da capital da Colômbia (Bogotá), transforma-se assim num dos principais candidatos a travar o fantasma do palco encarnado que assombra os dragões. Do atual plantel, apenas Silvestre Varela (E. Amadora) e Cristian Rodríguez (Benfica) já marcaram no Estádio da Luz, mas nenhum deles ao serviço do FC Porto.

abola.pt - Espanhóis andam loucos por Guarín



Guarín traz os espanhóis loucos. Mais uma boa exibição em Madrid com a camisola da Colômbia, um golo e uma assistência para Radamel Falcao. Quem viu na bancada do Vicente Calderón, como o enviado do Valência, gostou muito. Foi ele o verdadeiro estratega da equipa de Hernan Darío Goméz e o homem de quem muito se falava ontem nos entusiasmados jornais colombianos.

O portista tem contrato até 2014 (renovou recentemente com os dragões) mas está, em definitivo, na mira de clubes espanhóis.

Há poucos mais de uma semana falava-se no interesse do Valência. A notícia correu os principais jornais desportivos, não houve comentários a esse respeito, nem sequer na visitada página da rede Twitter, onde o médio portista teve um dos desabafos mais curiosos, não vai muito tempo. Depois de marcar dois golos ao Marítimo, Guarín lamentava-se que não sabia o que fazer mais para ser titular na equipa de André Villas Boas.

O desabafo passou porque os golos de Guarín também deram uma preciosa ajuda. Com o golo de anteontem ao serviço da Colômbia na vitória sobre o Equador (2-0) completou cinco encontros consecutivos sempre a marcar e alguns deles com influência determinante nas vitórias.

Fredy Guarin, de 25 anos, atrai agora as atenções de vários clubes espanhóis, um deles, já não há dúvidas, o Valência, mas o Atlético Madrid (por coincidência, o jogo de anteontem foi no estádio dos colchoneros) também está a trabalhar no sentido de chegar ao futebolista dos dragões.

domingo, 27 de março de 2011

Guarín na selecção colombiana

O Guarín já está na Holanda, onde vai representar a selecção colombiana, no jogo contra o Chile, dia 29 de Março.
O jogo realiza-se às 19:30h, mas terá transmissão na SportTV às 23:10h.

ojogo.pt - A magia do duo Guarín-Falcao

Os adeptos colombianos presentes ontem no Vicente Calderón, em Madrid, tiveram a oportunidade de assistir a um recital de Guarín e Falcao na vitória por 2-0 sobre o Equador, em jogo particular de preparação para a Copa América. Os dois jogadores do FC Porto foram titulares, rubricaram exibições inspiradas e somaram um golo cada, sendo que Guarín ainda fez a assistência para o seu colega de equipa.

Perante um Equador que nunca se encontrou durante o jogo, a selecção colombiana entrou a todo o gás e chegou à vantagem aos 25', por intermédio de Guarín, que transformou em golo um livre directo - assinalado por falta sobre Falcao -, num lance em que o guardião Domínguez não fica isento de culpas. Com este tento, o médio azul e branco aumentou assim para cinco o número de jogos consecutivos a marcar, em todas as competições.

Mostrando argumentos que indiciam uma boa participação na Copa América - prova que se vai disputar na Argentina entre 1 e 27 de Julho -, a Colômbia não tirou o pé do acelerador, mas só chegou ao segundo golo aos 75'. Aproveitando um excelente passe de Guarín, Falcao surgiu isolado e, com grande classe, fintou Domínguez antes de atirar para a baliza do Equador.

O avançado do FC Porto, que acabou substituído aos 86', por Rodallega, mostrou-se "feliz" pelo golo e acredita que a selecção da Colômbia pode "ter um futuro radioso pela frente".

sábado, 26 de março de 2011

maisfutebol.iol.pt -Colômbia azul e branca: Guarín e Falcao dão triunfo

A Colômbia venceu o Equador por 2-0, em jogo de carácter particular realizado este sábado no Estádio Vicente Calderon, em Madrid. O encontro teve a particularidade de os golos terem sido marcados por dois jogadores do F.C. Porto.

O médio Freddy Guarín abriu o activo na primeira parte, num pontapé livre que só parou no fundo da baliza equatoriana. O portista continua a dar provas de estar num grande momento de forma, apontando o quinto golo em cinco jogos consecutivos.

O Equador tentou responder, mas nunca conseguiu ultrapassar o inspirado guardião David Ramírez. Já depois de o árbitro ter deixado passar em claro uma grande penalidade para cada equipa, Falcao decidiu o jogo a um quarto de hora do fim. Já tinha sido ele a sofrer o penalty não assinalado e foi também ele que, na cara de Dominguez teve a frieza de o contornar e confirmar o triunfo para a equipa de Hernán Darío Gómez. A última vítima de «El Tigre» em jogos internacionais tinha sido, precisamente, o Equador, em Outubro do ano passado.

Guarín acabou por jogar todo o encontro, enquanto Falcao saiu a dez minutos do final.

Veja o golo de Guarín:


E o golo de Falcao:

abola.pt - Guarín e Falcao garante vitória da Colômbia



O médio Fredy Guarín e o avançado Falcao, ambos do FC Porto, apontaram os dois golos da vitória da Colômbia no particular realizado no campo do Equador (2-0).

Guarín, em clara subida de forma, inaugurou o marcador, aos 24 minutos. Depois, na etapa complementar, mais precisamente aos 74 minutos, o goleador Falcao fechou o marcador e assegurou a vitória da Colômbia.

record.xl.pt - Guarín e Falcao brilham em Madrid

Freddy Guarín e Radomel Falcao brilharam neste sábado. Os jogadores do FC Porto foram os autores dos golos com que a seleção colombiana venceu o Equador (2-0), em jogo de preparação realizado em Madrid.

O médio foi o primeiro a marcar, aos 24 minutos, na marcação de um livre direto. Na segunda parte, o avançado portista estabeleceria o resultado final, aos 74', no Estádio Vicente Calderón.

De referir que Freddy Guarín atuou os 90 minutos, enquanto Falcao saiu a 10 minutos do final da partida.

jn.pt - Portistas Guarín e Falcao dão a vitória à Colômbia

Fredy Guarín e Radamel Falcao estiveram em destaque, neste sábado, na vitória da Colômbia sobre o Equador (2-0), em jogo amigável disputado em Madrid. Os golos foram marcados pelos dois jogadores do F. C. Porto.

Guarín confirmou que atravessa um excelente momento de forma e marcou o seu quinto golo em outros tantos jogos consecutivos. Desta vez, bateu o guarda-redes na sequência de um livre directo logo aos 24 minutos, perante os 30 mil espectadores que preencheram as bancadas do Estádio Vicente Calderón, onde costuma jogar o Atlético de Madrid.

Depois, coube a Radamel Falcao fechar o resultado final diante do Equador, aos 74 minutos. O avançado do F. C. Porto recebeu um passe em profundidade, avançou no terreno e soube contornar o guarda-redes para fazer o 2-0.

O médio do F. C. Porto jogou os 90 minutos e o avançado foi substituído aos 86 minutos. Ambos apontam as garras para o jogo com o Benfica, o próximo compromisso dos dragões no campeonato.

Golo de Guarín (Video)

COLÔMBIA - EQUADOR

No jogo COLÔMBIA - EQUADOR (2-0), o Guarín jogou a titular, feito um golo aos 24min.


sexta-feira, 25 de março de 2011

COLÔMBIA - EQUADOR

O Guarín está convocado para o jogo da sua selecção(Colômbia) contra o Equador.

Lista de convocados: David Ospina, Breiner Castillo, Mario Yepes, Aquivaldo Mosquera, Luis Amaranto Peres, Cristian Zapata, Pablo Armero, Camilo Zuñiga, Juan Guillermo Cuadrado, Elkin Soto, Abel Aguilar, Freddy Guarín, Carlos Alberto Sánchez, John Valencia, Hugo Rodallega, Radamel Falcao, Adrián Ramos, Victor Hugo Montaño, Dayro Moreno, Carlos Carbonero.

Vejam o jogo COLÔMBIA - EQUADOR na SportTV, Sábado , às 17:00h

quinta-feira, 24 de março de 2011

desporto.sapo.pt - Especial Guarín

O médio do FC Porto tem estado em evidências nestes últimos tempos, veja algumas das melhores jogadas e golos de Guarín.

rr.pt - Freddy Guarín está a espantar os mais críticos



A afirmação de Freddy Guarin no FC Porto espanta quem muito o criticou, mas não surpreende quem jogou ao seu lado antes da sua contratação pelos dragões.
Freddy Guarín está a realizar uma das melhores épocas da sua carreira desportiva, assumindo-se, progressivamente, como uma opção inicial no meio-campo de André Villas Boas no FC Porto.

Nivaldo, antigo central do Belenenses, e que fez equipa com o médio colombiano no St. Étienne, confessa, em entrevista a Bola Branca, que está a assistir sem surpresa à explosão do sul-americano.

No clube francês, Guarín também não era titular, mas o defesa tinha a certeza de que o companheiro acabaria por vingar.

"Sempre lhe disse que a hora dele ia chegar e ele iria poder demonstrar o seu valor. Ele está a mostrar isso no FC Porto e estou feliz por ver que ele está bem, a demonstrar todo o seu potencial. Nos treinos, ele mostrava que tinha qualidade e força para fazer o que tem vindo a fazer no FC Porto", começa por dizer o jogador, de 30 anos.

Nivaldo lembra, também, que Guarín, na altura com 21 anos, já era jogador da selecção «AA» e que foi durante um estágio da Colômbia que o FC Porto acertou a sua contratação.

Considerando que Guarín é um indiscutível nos "azuis-e-brancos", o central brasileiro, além das qualidade técnicas, realça a força que o colombiano transmite no balneário.

"Ele nunca deixava os companheiros cabisbaixos, falando e conversando. No meu início, ele ajudou-me, porque falava espanhol e eu não conseguia ainda falar francês. Ajudou-me muito e foi um bom companheiro", recorda.

terça-feira, 22 de março de 2011

record.xl.pt - Falcao e Guarín assaltados em Madrid

A seleção colombiana foi alvo de um assalto em Madrid, onde se encontra a preparar os particulares com o Equador e Chile.

Dois dos visados deste infortúnio foram Radomel Falcao e Freddy Guarín, ambos do FC Porto.

“Entraram e roubaram alguns quartos do hotel, em Madrid, enquanto estávamos a treinar e levaram algumas coisas de valor”, informou o goleador portista, através do seu Twitter.

Os jogadores mais lesados foram David Ospina, Breiner Castillo, Cristian Zapata e Hugo Rodallega, que viram os seus portáteis, malas, cartões de crédito e iPods desaparecerem.

maisfutebol.iol.pt - Colômbia de Falcao e Guarín assaltada em Madrid

A selecção colombiana foi assaltada enquanto treinava em Madrid, com vista aos particulares com Equador e Chile.

Quando voltaram ao hotel, os jogadores deram conta do roubo e o portista Radamel Falcao confirmou o sucedido, pelo twitter.

«Entraram e roubaram nalguns quartos do hotel, em Madrid, enquanto estávamos a treinar e levaram algumas coisas de valor», escreveu o colombiano do FC Porto, clube que tem também Guarín na mesma concentração.

Ainda assim, os dois jogadores dos azuis e brancos escaparam aos assaltantes. De acordo com a imprensa colombiana, David Ospina, Breiner Castillo, Cristian Zapata e Hugo Rodallega foram as vítimas do furto. Perderam computadores portáteis, malas, cartões de crédito e iPods.

cmjornal.xl.pt - “Golo na Luz é bem-vindo”

Fredy Guarín, o protagonista do triunfo do FC Porto frente à Académica, já pensa no clássico da Luz e não esconde o desejo de marcar ao maior rival dos dragões, na jornada 25. "Se marcar, vai ser um golo muito bem-vindo", assumiu o internacional colombiano, que já leva quatro jogos consecutivos a fazer o gosto ao pé.

"Sabemos que nos falta uma vitória para conquistar o título português. Seja na capital ou num jogo no Dragão, a vitória terá de chegar para garantirmos o título. Era bom que fosse já na Luz", frisou Guarín, dizendo que "o grupo deve manter a tranquilidade e a cabeça fria nesta fase de decisões".
O médio colombiano atribuiu o seu bom desempenho "aos companheiros e à equipa técnica do FC Porto". "Sempre me apoiaram e deram moral", explicou, realçando o desejo de "continuar assim", agora que o FC Porto "está cada vez mais perto do seu objectivo no campeonato e na Europa".
As exibições vistosas permitiram a Guarín resgatar um lugar na selecção da Colômbia, por isso o médio admite estar a viver "o melhor momento na carreira". "Marquei quatro golos seguidos, fico feliz por isso. A paciência que tive para garantir estes resultados foi muito importante. Espero manter este nível alto", expressou.
O FC Porto teve direito a dois dias de folga e volta amanhã ao trabalho. O plantel às ordens de Villas-Boas vai estar muito desfalcado, devido aos compromissos das selecções nacionais.

cmjornal.xl.pt - O 'joker' Guarín

Fredy Alejandro Guarín Vasquéz tornou-se no ‘joker’ do FC Porto na fase decisiva da temporada que levará os dragões à reconquista do título.

O colombiano, nascido em Puerto Boyacá em 30 de Junho de 1986, esteve boa parte da época na obscuridade do banco, mas foi ganhando o seu lugar e atravessa um momento absolutamente inolvidável, com uma série de golos decisivos em jogos consecutivos, quer na Liga de trazer por casa quer na Liga Europa.
Acontece que este fulgor sucede exactamente na altura em que a época se decide, e em que algumas das figuras da equipa parecem menos brilhantes do que na primeira metade do campeonato, o que torna tudo ainda mais precioso.
Frente à Académica de Coimbra foi novamente dos seus pés que nasceu o golo - como habitualmente, um pontapé muito forte e colocado - que deu o empate ao FC Porto e lançou a equipa para a reviravolta, deixando-a à beira do título de campeão nacional. Na altura dos festejos, que se anunciam para breve, ninguém poderá esquecer os relevantes serviços de Fredy Guarín.

ojogo.pt - "Se puder vou marcar na Luz"

A história repete-se. Guarín volta a chegar à fase final da temporada em grande forma. Foi assim com Jesualdo Ferreira, no ano passado, voltou a ser assim agora, com André Villas-Boas. O colombiano não encontra explicação para o inexplicável, mas garante que sempre trabalhou para atingir o actual nível. "É o melhor momento da minha carreira. Nunca tinha marcado em quatro jogos consecutivos. Estou muito feliz, muito contente por ter tido a paciência necessária para chegar a este nível. Estou a viver uma fase importante, porque era isto que pretendia. Agora resta-me manter-me num nível alto", explicou o médio, que fez questão de partilhar este momento com os restantes elementos do grupo de trabalho. "Estou feliz por estar a viver um momento como este, que não é nada fácil de acontecer. Como sempre disse, agradeço aos meus companheiros e à equipa técnica. Eles estão sempre a apoiar-me e a dar-me moral. Espero continuar assim, pois estamos cada vez mais perto do nosso objectivo."

E o próximo objectivo é ser campeão, matematicamente falando. Para isso falta apenas uma vitória, que até pode surgir já no próximo jogo, em pleno Estádio da Luz. Guarín, tal como todos os outros elementos do FC Porto, não faz disso uma obsessão; apenas um desejo. "O ideal é que chegue o mais rapidamente possível, sendo também importante continuar com a mesma tranquilidade. Para já temos os jogos das selecções, sendo depois tempo de nos focarmos no que resta de temporada e no que temos de fazer para que tudo acabe bem." E voltar a fazer golos, desta vez frente ao Benfica, é mais do que um desejo? "Se tiver a oportunidade de marcar na Luz, ela será bem-vinda. Mas, repito, o importante é que a equipa continue tranquila, com esta mentalidade e cabeça fria, porque sabemos que nos falta pouco para sermos campeões. Seja na capital ou no Dragão, seja onde for, essa vitória tem de chegar", concluiu.

ojogo.pt - Um jogador à Porto

Guarín faz-me lembrar uma expressão tornada famosa por Pinto da Costa para caracterizar o seu futebolista ideal: "um jogador à Porto". Também se pode escrever "um jogador à FC Porto", mas sempre achei que "à Porto" traduzia melhor uma certa capacidade para fazer das tripas coração que caracteriza esse tipo de jogador e que também é património histórico da Invicta. Ora, mesmo sendo incontornavelmente colombiano, Guarín é genuinamente um jogador à Porto. O tipo de jogador que não desiste, que cresce perante a adversidade, que assume a responsabilidade de decidir e que é capaz de quebrar um adversário que se recuse a torcer. Guarín marcou nos últimos quatro jogos do FC Porto, quase sempre grandes golos e quase todos decisivos, mas, mais do que isso, jogou nas três posições do meio-campo, substituindo sucessivamente Fernando, Belluschi e Moutinho e sendo invariavelmente o melhor em campo. O protótipo do jogador à Porto.

abola.pt - «É o meu melhor momento» - Guarín



Guarín derretido com as evidências da sua campanha. Delirante série goleadora do médio continua activa. Não há quatro sem cinco: e se o portista alterar o ditado na Luz?

Guarín anda com visões do paraíso, seguindo por uma passarela de nuvens que o deixa no céu. «Posso dizer que sim, que este é o melhor momento da minha carreira», elege o médio do FC Porto, alimentado por uma alma engrandecida. A intimidade com o golo despertou um jogador, até aqui, desconhecido. «Nunca marcara quatro vezes seguidas. Estou muito feliz e contente», resume toda a excitação que envolve o presente, numa série de quatro remates certeiros noutros tantos jogos consecutivos.

«Era isto que queria. A paciência que tive para obter estes resultados também foi importante. Espero manter este nível alto», não se dá por satisfeito, depois de vencer uma maratona de persistência que lhe garantiu a titularidade. «Não é fácil atingir uma fase assim. Agradeço aos meus companheiros e ao técnico pelo apoio e moral que me deram», dá prova do seu reconhecimento, ele que anda a gritar o refrão do golo desde Moscovo: o União, em Leiria, o CSKA e a Académica, no Dragão, escutaram os ecos...

O próximo capítulo da pontaria do colombiano até pode combinar com um cenário de festa azul e branca: o calendário transporta-o para a Luz... «Se surgir a oportunidade, será seja bem-vinda. Importante é manter esta mentalidade, tranquilidade e cabeça fria, pois sabemos que precisamos de uma vitória para o título. E ela vai chegar, seja na capital, no Dragão ou onde for», é insensível à geografia da consagração: «Estamos mais perto. Há que continuar a trabalhar desta forma para somar mais três pontos e, aí sim, celebrar a vitória no campeonato.»

record.xl.pt - Guarín: «Tive a paciência necessária»



Fredy Guarín tem dado boas dores de cabeça a André Villas-Boas. Quando toda a gente pensava que o trio de meio-campo composto por Fernando, João Moutinho e Belluschi era intocável, eis que surgiu o colombiano a assinar exibições e golos de grande qualidade, que baralharam as contas do treinador. Isto já depois do desabafo no Twitter, onde escreveu que não sabia o que mais fazer para ser titular no FC Porto. Guarín acabou por encontrar resposta à sua própria dúvida e já a partilhou com o Mundo.

“Estou muito feliz por ter tido a paciência necessária para chegar a este nível alto. É importante, porque era isto que queria e agora resta-me mantê-lo”. Foi desta forma que o camisola 6 justificou a sua vitória na batalha por um lugar no onze, reconhecendo depois que esta “está a ser a melhor fase” da sua carreira. “Penso que sim. Afinal de contas nunca tinha marcado em 4 jogos consecutivos”, desabafou o médio, de 24 anos.

ionline.pt - Guarín. Promessa virtual já passou à história

"Freddy Guarin, after a long wait championship manager has been proven right!" O comentário de um cibernauta, no site www.whoateallthepies.tv, ao vídeo do primeiro golo desta época do médio do FC Porto diz tudo. O tiraço (a mais de 30 metros de distância) no jogo da 15.a jornada da Liga, com o Marítimo, prova que os responsáveis do Championship Manager (CM, hoje Football Manager) e os fanáticos pelo jogo tinham razão. Se há meia dúzia de anos não havia quem não o comprasse no computador, esta temporada Guarín passou de promessa virtual a garantia de golos na vida real.

Em apenas dois meses e meio - o jogo com os madeirenses disputou- -se a 8 de Janeiro -, o médio de 24 anos já rendeu sete golos a André Villas-Boas. Apesar de não ser sempre uma aposta de primeira linha para o técnico portista, Guarín tem encostado, por exemplo, João Moutinho a um canto no número de remates certeiros. Só no campeonato, o médio português tem mais 14 jogos a titular que o colombiano, mas zero de golos. De resto, na corrente temporada, João Moutinho - que nas últimas cinco épocas somou 32 golos com a camisola do Sporting - tem apenas um golo para amostra, frente ao Juventude de Évora, para a Taça de Portugal. Pior só em 2004/05, a primeira na equipa sénior de Alvalade.

Vida diferente tem tido Guarín. Mesmo antes de sair em 2005 para o Boca Juniors, o adolescente de Puerto Boyacá já era uma promessa no Evingado da Colômbia. Pelo menos nas fileiras do CM: livres e cantos, nota 20; penáltis, nota 20; remates de longe, nota 20; forma física: 100%. Excelente, não? Com contrato desprotegido, Guarín custava aos jogadores meia dúzia de tostões (230 mil euros), quase metade do que os franceses do Saint-Étienne pagaram ao Boca em 2007 (500 mil euros) e cerca de um quarto do valor que o FC Porto investiu (um milhão de euros) em 2008.

Peça-chave nos duelos da Liga Europa (um golo ao Sevilha, em Espanha, e dois ao CSKA, no Dragão e em Moscovo), Guarín marca há quatro jogos seguidos. No último, para o campeonato, abriu caminho à reviravolta diante da Académica (3-1). Para o colombiano, foi longo o caminho para o sucesso. Mas Guarín soube esperar e é o próprio a afirmar que está a viver o melhor momento da carreira: "A paciência que tive para garantir estes resultados foi importante. Espero manter este nível."

Guarín na selecção colombiana (Fotos)







Guarín na selecção colombiana

O Guarín já viajou para Madrid, onde vai representar a selecção colombiana, no jogo contra o Equador, dia 26 de Março, no Estádio Vicente Calderón. Três dias mais tarde, o adversário será o Chile, em Haia, na Holanda.

maisfutebol.iol.pt - «Na capital ou no Dragão, a vitória terá de chegar»

Freddy Guarín iniciou a reviravolta do F.C. Porto na recepção à Académica de Coimbra (3-1). O médio acumula quatro jogos consecutivos a marcar. Aos 24 anos, o internacional colombiano atravessa o melhor momento da sua carreira.


«Estou feliz por atravessar este momento. Tenho de agradecer aos meus companheiros, à equipa técnica, que sempre me apoiaram e deram-me moral. Espero continuar assim, estamos cada vez mais perto do nosso objectivo», começou por dizer, na ressaca do triunfo no Dragão.


O F.C. Porto espera pelo desfecho da visita do Benfica a Paços de Ferreira. Se os encarnados perderem pontos, bastará um empate na Luz. Caso contrário, os dragões procurarão a vitória no clássico. Com um golo de Guarín? «Se assim for, será bem-vindo. O mais importante é continuar a avançar, com tranquilidade e esta mentalidade, com cabeça fria.»


«Sabemos que nos falta uma vitória para conquistar o título. Seja na capital ou num jogo no Dragão, a vitória terá de chegar para garantirmos o título», acrescentou o colombiano. A formação portista jogará na Luz e em Portimão, seguindo-se a recepção ao Sporting.


Para já, o grupo dispersa-se pelas respectivas selecções nacionais: «A ideia é garantir o título o mais cedo possível, mas com tranquilidade. Agora temos os jogos das selecções. Depois pensaremos no que temos pela frente.»


Guarín recuperou o seu espaço na selecção da Colômbia, aumentou a sua influência no F.C. Porto e não pára de marcar. Momentos inesquecíveis. «Melhor momento da carreira? Pode ser que sim. Marquei quatro golos seguidos, fico muito feliz por isso. A paciência que tive para garantir estes resultados foi importante. Espero manter este nível alto», rematou o médio.

domingo, 20 de março de 2011

fcporto.pt - GUARÍN FOI O MELHOR EM CAMPO



Guarín foi eleito o melhor jogador em campo no jogo entre o FC Porto e a Académica (3-1), disputado este domingo, no Estádio do Dragão. O colombiano apontou o primeiro golo dos azuis e brancos.

Golo de Guarín (Video)

video

maisfutebol.iol.pt - F.C. Porto-Académica, 3-1 (destaques)

Guarín, na história do campeonato

Mais um. O colombiano continua a carregar a equipa às costas, com um momento de forma avassalador, que lhe permitiu facturar nos últimos quatro jogos. Deu a vitória em Moscovo, abriu caminho ao triunfo em Leiria, fez o segundo na recepção ao CSKA e, agora, deu o mote para a reviravolta que deixa o título a uma vitória de distância. Está na história deste campeonato e apetece perguntar: quando vais parar Guarín?

FCPORTO - ACADÉMICA

No jogo FCPORTO - ACADÉMICA (3-1), o Guarín jogou a titular, feito um golo aos 55min.

43'Hulk tabela com Guarín na marcação de um canto e cruza para a cabeçada de Maicon, ao lado.
45'PEISER EVITA O EMPATE! Grande corte de Fernando, excelente abertura de Guarín e Varela bem a tirar Hélder Cabral do caminho. O extremo acaba por rematar para defesa providencial do francês, que fica queixoso.
55'GOOOOOOOLLLLLOOOOOOO!!! F.C. PORTO ! 1-1 por Guarín. Estava a adivinhar-se! Belluschi vem numa correria louca desde o meio campo e entrega a Guarín que, à entrada da área puxa para o pé esquerdo e remata colocado, fora do alcance de Peiser.
56'Quarto jogo seguido de Guarín a marcar, depois de Moscovo, Leiria e Dragão, frente ao CSKA.
59'QUASE O SEGUNDO DO F.C. PORTO!! Calcanhar de Alvaro Pereira para Guarín que entra em velocidade pela esquerda e consegue um misto de cruzamento e remate, que sai a rasar a trave de Peiser.

record.xl.pt - Guarín não quer “nem uma cadeira vazia”



Restam vender poucas centenas de bilhetes para que se esgote a lotação para o encontro com a Académica, mas a casa dependerá sempre da afluência dos cerca de 30 mil detentores de lugar anual. Ainda assim, é notória uma grande euforia em torno da equipa, sustentada na iminência do título e na excelente campanha que os dragões têm efetuado na Liga Europa. Por isso, até os jogadores puxam pelos adeptos, pedindo a sua presença.

Foi o que ontem fez Guarín, um dos elementos em melhor forma nos azuis e brancos. Através do Twitter, passou uma mensagem clara: “Amanhã [hoje], FC Porto-Académica no Dragão. Não pode ficar nem uma cadeira vazia.” Aliás, em torno do colombiano está uma questão interessante. Irá Villas-Boas prescindir do médio goleador da equipa e que fatura há 3 jogos consecutivos? Um bom tema até às 20h15.

sábado, 19 de março de 2011

FCPORTO - ACADÉMICA

O Guarín está convocado para o jogo de Domingo contra a Académica.

Lista de convocados: Helton, Maicon, Alvaro, Guarín, Belluschi, João Moutinho, Falcao, Cristian Rodríguez, Mariano, Hulk, Fucile, Rolando, Sereno, Varela, James, Beto, Fernando e Rúben Micael.

Vejam o jogo FCPORTO - ACADÉMICA na SportTV, Domingo , às 20:15h

sexta-feira, 18 de março de 2011

abola.pt - Guarín rima com Dublin



Colombiano teve acção preponderante na eliminatória com o CSKA. Médio, com o pé quente, marcou nos últimos três jogos. Objectivo, agora, é estar presente na Irlanda a 18 de Maio.

Atravessa um grande momento de forma e a prova inequívoca está no facto de assumir uma enorme preponderância na equipa nos últimos jogos. Depois de marcar em Moscovo, Freddy Guarín fez o gosto ao pé em Leiria e ontem, diante do CSKA, voltou a facturar, um golo que permitiu uma maior tranquilidade à equipa.

O colombiano tem aproveitado da melhor maneira as oportunidades que lhe têm sido concedidas por André Villas Boas e revela que trabalha afincadamente para continuar a merecer a confiança do treinador.

«Trabalho para estar a um bom nível e quando jogo tento corresponder àquilo que o técnico pede. Estou a viver um bom momento e tenho de desfrutar com isso. Quando se está no banco não é possível estar tranquilo. Estou motivado, agradeço aos responsáveis do FC Porto e à minha família», referiu o internacional colombiano, instantes depois do FC Porto ter carimbado o passaporte para os quartos-de-final da Liga Europa.

Guarín destaca a competência demonstrada pelo FC Porto ante um adversário poderoso como o CSKA. «Foi um resultado importante que nos mantém na senda das vitórias. Estou muito feliz com os golos que tenho feito, são momentos para desfrutar e também para aprender», reforçou.

Derrubar todos os obstáculos

No reino do dragão ninguém esconde que chegar à final da Liga Europa é um dos desígnios da temporada, tanto mais que os dragões são vistos pela grande maioria dos sites de apostas como o principal candidato ao triunfo na final da Arena de Dublin, no próximo dia 18 de Maio.

Freddy Guarín não rejeita a responsabilidade que está a ser colocada sobre os ombros dos azuis-e-brancos.

«O nosso pensamento é ganhar, independentemente do adversário. Vamos aguardar para ver o que nos reserva o sorteio, que terá a particularidade de contar com a presença de três equipas de Portugal. Estamos mentalizados para ultrapassar mais obstáculos nesta prova, independentemente do nome do opositor», adiantou numa noite em que os clubes portugueses fizeram o pleno nos oitavos-de-final da Liga Europa.

ojogo.pt - Guarín: “Foi muito importante seguir em frente”

O médio colombiano Freddy Guarín em declarações no final da vitória do FC Porto por 2-1 frente ao CSKA de Moscovo, disse que está numa altura boa da sua carreira e diz que a sua equipa está mentalizada “para ultrapassar mais obstáculos nesta prova”.

“Foi muito importante seguir em frente. É óptimo. Estou a viver um momento bom. Tenho de desfrutar com isto. Quando se está no banco, não é possível estar tranquilo. Estou motivado. Agradeço aos responsáveis e à minha família. Estamos mentalizados para ultrapassar mais obstáculos nesta prova, seja quem for o adversário.”

quinta-feira, 17 de março de 2011

Golo de Guarín (Video)

video

FCPORTO - CSKA MOSCOVO

No jogo FCPORTO - CSKA MOSCOVO (2-1), o Guarín jogou a titular, feito um golo aos 23min. O FC Porto está nos quartos de final da Liga Europa

1' - Golo do FC Porto! Marca Hulk! Segundos antes de estar cumprido o primeiro minuto de jogo, os "dragões" adiantam-se no marcador. Cruzamento-remate do brasileiro que parece sofrer um desvio de Guarín. A UEFA dá, no entanto, o golo ao "incrível"!
23' - Golo do FC Porto! Guarín faz o segundo no Dragão! O central Ignashevich não se entende com o guarda-redes russo no momento de atrasar a bola e Akinfeev acaba por não segurar e dar uma palmada para o lado. Quem acreditou que podia chegar a bola foi James que sobre a linha de fundo cruzou para Falcao, que surgiu ao centro mas falhou o cabeceamento, e no segundo poste apareceu Guarín completamente sózinho para marcar.

desporto.publico.pt - Hulk e Guarín apuram FC Porto



Nova vitória sobre o CSKA, agora no Dragão (2-1), colocam os portistas nos quarto-de-final.

À vantagem trazida da Rússia no jogo da primeira mão (0-1 em Moscovo), o FC Porto respondeu com um golo logo no primeiro minuto: o cruzamento de Hulk no livre não sofreu desvio mas enganou toda a gente, principalmente o guarda-redes Ankifiev. Ainda não refeito do choque, o russo ofereceu o segundo golo ao FC Porto e aí, o goleador do momento não perdoou: Guarín marcou aos 24’.

Em meia-hora, os portistas já tinha a eliminatória praticamente resolvida. E nem o golo de Tosic logo a seguir (29’) serviu para assustar os “dragões”.

O triunfo por 2-1 coloca o FC Porto nos quartos-de-final. O sorteio é na sexta-feira (11h).

maisfutebol.iol.pt - Liga Europa: F.C. Porto-CSKA Moscovo, 2-1 (destaques)

Guarín, um herói sem cognome

A meio da semana, Guarín lançou o repto no seu «twitter»: quer ter uma alcunha! Ora, o momento actual do colombiano justifica que se pense no caso com carinho. «Bombardeiro» já não pega, pois este Guarín é muito mais que um potente pontapé. Terceiro jogo consecutivo a marcar para um jogador a quem o rótulo de surpresa já começa a ser gasto. Se há coisa que o médio tem mostrado é consistência quando é chamado. Como nunca, sublinhe-se. Para já é «só Guarín». Não deve ser por muito tempo.

maisfutebol.iol.pt - Guarín: «Podemos ultrapassar mais obstáculos»

reddy Guarín, médio do F.C. Porto, em declarações à SporTV após a vitória por 2-1 sobre o CSKA Moscovo:

«Foi muito importante seguir em frente. É óptimo. Estou a viver um momento bom. Tenho de desfrutar com isto. Quando se está no banco, não é possível estar tranquilo. Estou motivado. Agradeço aos responsáveis e à minha família. Estamos mentalizados para ultrapassar mais obstáculos nesta prova, seja quem for o adversário.»

record.xl.pt - Guarín: «Mentalizados para ganhar»



O médio colombiano Guarín foi um dos elementos em destaque na formação portista. Jogou, fez jogar e ainda faturou um dos tentos da formação de Villas-Boas. No final da contenda mostrou-se radiante pelo feito alcançado.

“Conseguimos impor-nos no jogo e marcar golos. Esta foi uma vitória muito importante para todos nós”, iniciou sobre o desafio.

Questionado sobre a sua utilização na equipa portista, um dos temas do futebol nacional, Guarín foi claro: “Estou aqui para trabalhar e também para aprender. Ninguém fica tranquilo quando começa no banco, todos querem ser utilizados e quando isso não acontece gosto de mostrar trabalho. Tenho de agradecer à minha família, que me apoia sempre.”

Quanto à próxima fase da competição, confiança é palavra de ordem: “Estamos mentalizados para ganhar, independentemente do adversário e estamos preparados para todos os jogos. Será certamente um embate muito difícil que temos pela frente.”

abola.pt - «Trabalho para estar a um bom nível» - Guarín



Pode dizer-se que foi a figura do FC Porto na eliminatória com o CSKA Moscovo. Feliz com os dois golos apontados, Fredy Guarín diz que trabalha diariamente para merecer a confiança de André Villas Boas.

«Fizemos um resultado importante que nos mantém na senda de vitórias. Estou muito feliz com os golos que tenho feito, são momentos para desfrutar e também para aprender», disse o colombiano na Sport TV.

«Trabalho para estar a um bom nível e para corresponder quando jogo», prosseguiu, comentando a presença de três equipas portuguesas nos quartos-de-final da Liga Europa.

«O nosso pensamento é ganhar, independentemente do adversário. Vamos aguardar pelo resultado do sorteio», escudou-se.

quarta-feira, 16 de março de 2011

FCPORTO - CSKA MOSCOVO

O Guarín está convocado para o jogo de 5ªfeira contra o CSKA Moscovo.

Lista de convocados: Helton, Guarín, Belluschi, João Moutinho, Falcao, Cristian Rodríguez, Hulk, Fucile, Rolando, Sereno, Varela, James, Sapunaru, Souza, Beto, Fernando, Rúben Micael e Otamendi.

Vejam o jogo FCPORTO - CSKA MOSCOVO na SportTV, 5ªfeira , às 20:05h

desporto.publico.pt -



Freddy Guarín chegou ao FC Porto em 2008 e, mais do que fãs, foi ganhando lugar no lote de ódios de estimação dos adeptos portistas. Poucos percebiam a razão de o médio colombiano estar no plantel da equipa. Alguns terão começado a mudar de ideias no final da época passada e agora já serão poucos a não reconhecer o papel importante de Guarín nos mais recentes resultados do FC Porto.

Com o golo em Leiria, que desbloqueou um jogo que ameaçava tornar-se complicado, o médio colombiano escancarou as portas do título à equipa de Villas-Boas e aumentou para cinco a sua conta pessoal de golos.

Guarín iniciou-se a marcar nesta temporada em Janeiro, frente ao Marítimo, com um remate de muito longe e outro à entrada da área. Depois voltou a mostrar pontaria na Liga Europa, em Sevilha (no único golo dentro da área) e Moscovo. E em Leiria acertou mais uma vez de longe. Dos 53 golos do FC Porto nesta Liga, apenas nove foram apontados de fora da área. E três deles foram do colombiano, que neste capítulo surge à frente de Hulk e Belluschi (dois cada um).

Guarín é mesmo o segundo melhor marcador do FC Porto em 2011, apenas atrás de Hulk. “Tiro-lhe o chapéu, porque conseguiu resistir a uma pressão terrível. Houve uma altura em que todos lhe caíam em cima, iam matando o homem”, disse ao “Record” Jesualdo Ferreira, antigo treinador do FC Porto. “Felizmente, aí estão à vista todas as qualidades que ele tem: força, potência no remate e uma atitude perante o jogo que não lhe permite desistir de nenhuma bola.”

Contratado em 2008 ao Saint-Étienne, num negócio em que o FC Porto emprestou Paulo Machado e pagou um milhão de euros por 50 por cento do passe, Guarín está a afirmar-se na equipa azul e branca. Em 2009-10, marcou sete golos na recta final, naquela que foi a temporada mais profícua da sua carreira. Agora faltam-lhe apenas dois remates certeiros para ultrapassar esse registo. Algo bem possível se mantiver a pontaria afinada.

Nascido em Puerto Boyacá, este médio possante (1,84m) iniciou-se no Envigado, antes de se mudar para o Boca Juniors, em 2005-06. Esteve na Argentina apenas uma temporada e mudou-se para França, onde o FC Porto o foi buscar. Agora, renovou contrato com os portistas até 2014 e já parece ter caído no esquecimento o desabafo de há um mês no Twitter, em que se queixou de não saber o que mais fazer para ser titular na equipa de Villas-Boas.

relvado.aeiou.pt -



O Valência está interessado em contratar Fredy Guarín, revela uma rádio espanhola.

As recentes boas exibições do colombiano terão despertado o interesse do clube onde alinham os portugueses Ricardo Costa e Miguel, de acordo com a 'Cadena Ser'.

A rádio avança que o Valência está muito interessado em contar com os serviços do número seis do FC Porto na próxima época e nos próximos dias deverá entrar em contacto com os responsáveis portistas para saber o preço do médio sul-americano.

Guarín tem contrato com o FC Porto até 2012.

ojogo.pt - Crescimento de Guarín já se vê desde Espanha

Guarín tem cada vez mais dificuldades em ser uma surpresa no onze de André Villas-Boas, tantas têm sido as vezes em que tem chamado a si os holofotes, esta temporada. Mesmo sem ter ainda conquistado o estatuto de titular indiscutível, por causa da enorme concorrência no meio-campo portista, a verdade é que o colombiano tem aproveitado para cavar o seu espaço na equipa e relançado a discussão em torno das opções para o meio-campo, adensadas pelos golos decisivos que tem marcado nos últimos jogos. Mais do que um pequeno milagre de Villas-Boas, Guarín é, isso sim, a chamada "boa dor de cabeça", na hora de arquitectar tácticas, conferindo ao técnico uma solução de relevo inserida num leque de opções diversificadas para responder aos vários problemas colocados. Se Fernando é conhecido como um jogador de colocação, mais consistente a defender, importante na cobertura e na recuperação na zona intermediária, Guarín traz mais músculo, permite uma abordagem do jogo mais virada para a frente e funciona como um elemento que empurra a equipa para cima do adversário, dotando-a de uma capacidade de tiro na meia-distância que tem feito toda a diferença nos últimos jogos e não só. Por falar em meia-distância, as estatísticas comprovam que o FC Porto está melhor nesse capítulo em jogos do campeonato, quando ainda faltam disputar sete jornadas, com um rendimento de 15 por cento esta época, contra 13 por cento, na época passada. Por tudo isso, o crescimento de Guarín levanta questões em relação a um peso cada vez mais evidente na equipa, que começa a dificultar a gestão das frustrações do colombiano, quando não entra no onze inicial. Mas mais do que isso. Quanto mais se tem destacado, mais claras se têm tornado as suas qualidades aos olhos de outros emblemas que não largam as bancadas do Dragão e de Espanha já há quem garanta que o Valência o segue com muita atenção. Depois de dois jogos (CSKA de Moscovo e Leiria) em que apontou outros tantos golos decisivos, a segunda mão da Liga Europa volta a levantar a questão da sua titularidade. O obstáculo russo volta a surgir, inserido num cenário diferente, numa eliminatória em que o FC Porto está em vantagem, pelo que a discussão volta a ser oportuna, quando se sabe que Villas-Boas até deu descanso a Fernando contra o Leiria. Ora será esta uma primeira pista que fará do brasileiro titular, em detrimento de Guarín? ou o colombiano tem hipóteses de se manter num onze necessitado de mais potência para defrontar um adversário duro de roer?

terça-feira, 15 de março de 2011

abola.pt - Guarín cobiçado em Espanha



O médio Guarín tem estado em bom plano no FC Porto e está já a despertar o interesse no país vizinho.

As exibições do colombiano não passaram despercebidas no Mestalla e, de acordo com a Cadena Ser, o jogador está já referenciado pelo Valência que poderá avançar com uma proposta para a próxima temporada.

Guarín marcou ontem o primeiro golo da vitória (2-0) do FC Porto em Leiria, assegurou igualmente o triunfo dos portistas em Moscovo na primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. Para a memória fica ainda a «bomba» de 40 metros na goleada (4-1) azul e branca sobre o Marítimo, na 15.ª jornada, encontro em que Guarín bisou.

fichajes.com - Freddy Guarin desperta o interesse da Liga Espanhola

O líder da Liga Sagres (com uma vantagem de 13 pontos para o Benfica no segundo lugar) e com um pé nas quartas-de-final da Liga Europa (venceu por 0-1 com o CSKA , na primeira mão), o Porto atrai os olhos de muitos olheiros.

O brasileiro Hulk , o colombiano Radamel Falcao e português João Moutinho são os melhores exemplos desta equipa poderosa, mas existem outros jogadores menos mediáticos que também têm chamado a atenção de outras equipas europeias.

Esse é o caso de Freddy Guarin (24 anos). O médio não faz parte do grupo de titulares, mas sempre que aparece no campo mostra a sua grande qualidade e o seu crescente olfacto para golos (marcou nos dois últimos jogos do Porto.)

E graças a essas pequenas contribuições, o colombiano conseguiu conquistar, de acordo com a Cadena Ser , o interesse de um clube importante de Liga espanhola, o Valencia .

record.xl.pt - Colômbia chama Falcão e Guarín



Os portistas Falcão e Guarín foram convocados para representar a Colômbia nos dois particulares a realizar em março, frente ao Equador e Chile.

Na preparação para a Copa América, a disputar este ano na Argentina, o selecionador Hernán Darío Gómez voltou a confiar no ponta de lança e no médio que têm brilhado no FC Porto.

O primeiro desafio disputa-se a 26 de março, em Madrid, frente ao Equador e o segundo três dias depois, em Haia (Holanda), com o Chile.

O jovem James Rodrigues também já tinha sido convocado para a preparação da Colombia para o Mundial Sub-20.

U. LEIRIA - FCPORTO: Fotos












Golo de Guarín (Video)

video

maisfutebol.iol.pt - Guarín: «Relação com o treinador tem sido muito importante»

Guarín, autor do primeiro golo do F.C. Porto, comentou desta forma a vitória dos dragões no reduto da União de Leiria. Declarações na zona mista do recinto leiriense:

«Vou continuar a trabalhar para marcar mais vezes e ajudar à equipa. O mais importante é ser campeão, seja na Luz ou onde for. Para já, temos o CSKA e a Académica. Estamos a pensar nesses jogos. Demonstrámos hoje que a equipa está bem e temos jogadores para lutar nas várias frentes. Temos de apresentar a mentalidade certa, ainda não estamos apurados e sabemos que será um jogo muito difícil. O que mudou em mim? Antes de mais, é importante jogar. Com ritmo, um jogador pode demonstrar mais. A relação com o treinador tem sido muito importante, o diálogo, a relação que ele tem com o grupo.»

record.xl.pt - Guarín: «Marcar e dar alegrias»



Mais um golo, mais uma vitória do FC Porto e uma manifestação de qualidade para Villas-Boas apreciar. Guarín esteve em destaque e fez questão de partilhar essa felicidade com os portistas. “Foi muito bom ter marcado e ajudado a equipa a conseguir mais uma vitória. Espero continuar a marcar e dar alegrias aos adeptos do FC Porto”, referiu o internacional colombiano, lembrando que estes 3 pontos foram somados “num jogo muito difícil”.

Guarín percebeu a mensagem que lhe foi transmitida pelo técnico, na antevisão deste jogo, e correspondeu. “O treinador é muito importante, pela forma como dialoga com os jogadores e passa a informação. É uma pessoa frontal”, revelou o médio, salientando que é “fundamental para qualquer jogador competir”.

abola.pt - «Estamos mais perto...» - Guarín



Mais um golo de Guarín para as contas do título azul e branco. Colombiano indiferente quanto à possibilidade de ser campeão na Luz. É o CSKA, verdadeiramente, que o preocupa.

O pontapé direito de Guarín voltou a adivinhar nova vitória do FC Porto. Ao seu jeito, o colombiano disparou lá de longe e agarrou a vantagem do líder no jogo pelos colarinhos, à base da força.

«Felizmente, marquei mais um golo numa altura em que a partida se estava a revelar muito complicada. Agradeço a Deus por me ter dado mais uma oportunidade», reconhece, o médio, a protecção divina.

O terceiro pontapé certeiro do jogador portista na Liga significa mais um passo rumo ao título. «Viemos a Leiria para conquistar os três pontos e conseguimos. Estamos mais perto do nosso objectivo. Se queremos ser campeões no Estádio da Luz? Lá ou em qualquer lado, queremos é ser campeões! Mas, até lá, ainda teremos de defrontar o CSKA e a Académica. E, no imediato, segue-se a Liga Europa», alerta o homem bomba dos azuis e brancos.

Seguindo as suas prioridades, Guarín sugere «muita atenção» na abordagem ao próximo desafio, com os moscovitas. «Ainda não estamos qualificados. Não tenho a mínima dúvida de que será uma partida muito difícil para nós. Vamos dar tudo pela passagem à próxima eliminatória», promete, sintonizado com a «vontade de vencer» também no plano internacional.

segunda-feira, 14 de março de 2011

pt.uefa.com - FC Porto aumenta vantagem



O FC Porto ganhou no terreno do U. Leiria, por 2-0, e aumentou para 13 os pontos de vantagem em relação ao Benfica, ficando a duas vitórias de conquistar o título.

Os portistas foram a equipa mais atacante em todo o encontro, perante um U. Leiria na expectativa e a lançar ataques esporádicos, sem grande perigo. Os visitantes conseguiam trocar a bola tranquilamente até ao último quarto do terreno, mas aí encontravam dificuldades perante o grande povoamento da área dos da casa. E só à "bomba", na segunda parte, os "dragões" resolveram a questão, por Freddy Guarín, a abrir, e Hulk a fechar.

Hulk e Belluschi foram os mais perigosos do FC Porto na primeira parte, com remates e iniciativas perigosas. Aos 17 minutos, o argentino obrigou Gottardi a boa defesa e o brasileiro, já em cima do intervalo, trabalhou bem na direita, mas o seu remate saiu ligeiramente por cima.

O segundo tempo trouxe mais do mesmo, agora com o Leiria a dar ideia de estar a controlar as operações, perante a incapacidade portista para abrir brechas na defesa dos da casa. E foi mesmo à "bomba" que o Porto conseguiu chegar à vantagem. Pouco antes da hora de jogo, Guarín recebeu a bola em zona frontal, ainda de longe, e disparou para um excelente golo. Estava feito o mais difícil e agora o Leiria tinha de atacar. E fê-lo, criando a primeira situação digna de registo logo a seguir, mas a defesa do Porto afastou no último momento.

O jogo arrastou-se para o fim, sem emoção ou futebol vistoso, e o único destaque vai mesmo para o 2-0, golo de Hulk, em tempo de compensação, na cobrança de uma grande penalidade.

desporto.sapo.pt - Guarín e Hulk alimentam sonho da festa do Dragão

O médio colombiano e o avançado brasileiro assinaram os golos da vitória portista no reduto da União de Leiria, por 0-2.

O FC Porto venceu esta noite a União de Leiria, por 0-2, e deu mais um passo na sua caminhada triunfal rumo ao título de campeão nacional. Os dragões somaram hoje a 21ª vitória em 23 jogos no campeonato (apenas dois empates) e levam já 13 pontos de vantagem sobre o Benfica, faltando duas vitórias para a festa azul e branca.
Por sua vez, a União de Leiria mantém o registo negativo, contando já cinco derrotas consecutivas em casa.
Num encontro pouco emotivo, disputado num ritmo baixo e sem grandes oportunidades de golo, o FC Porto só conseguiu construir o triunfo na segunda parte, face à resistência defensiva dos anfitriões no primeiro tempo.
Os leirienses, comandados por Pedro Caixinha, apostaram em conter as iniciativas ofensivas dos dragões, recorrendo de forma pragmática à defesa e fechando os espaços a Hulk, Falcao e companhia, espreitando apenas o contra-ataque. A formação de André Villas-Boas dominou claramente a primeira parte, mas também pouco conseguiu incomodar o guardião Gottardi.
No entanto, por duas vezes reclamou-se penálti a favor dos dragões, sempre por suposto derrube de Kaká a Belluschi, mas o árbitro Cosme Machado assim não entendeu.
Foi assim preciso esperar pela segunda parte para o FC Porto chegar à vitória. Guarín, o herói improvável de Moscovo, devido ao golo ao CSKA na última quinta-feira para a Liga Europa, voltou a brilhar com um remate de fora da área muito colocado, a 98 kms/h, que apanhou desprevenido o guardião Gottardi, assinando o 0-1 aos 59'.
Numa hegemonia praticamente absoluta dos forasteiros, Falcao podia ter aumentado para 2-0 aos 74', depois de um passe soberbo de Belluschi, mas Gottardi conseguiu adiar até ao minuto 90, quando acabou por cometer penálti sobre Hulk. Na conversão do castigo máximo, o 'Incrível' não perdoou e fez o seu 20º golo no campeonato, encerrando uma série de oito jogos sem golos.
O FC Porto eleva assim a sua vantagem para 13 pontos e poderá vir a celebrar o título no estádio da Luz, diante do rival Benfica.

maisfutebol.iol.pt - U. Leiria-F.C. Porto, 0-2 (destaques)

Depois da excelente exibição rubricada a meio da semana, na gélida Moscovo, voltou a merecer a confiança de Villas Boas, e, mais uma vez, disparou uma fulgurante chama de dragão, que só parou depois de queimar as redes de Gottardi. Apesar de ter aparecido como o médio mais recuado, nunca se coibiu de aparecer a construir jogo, e a tentar usar o seu poderosíssimo, e cada vez mais certeiro, remate. Voltou a mostrar que merece jogar mais vezes.

U. LEIRIA - FCPORTO

No jogo U. LEIRIA - FCPORTO (0-2), o Guarín jogou a titular, feito um golo aos 59min.

2' Fora de jogo assinalado a Falcao, mas a solicitação de Guarin era muito boa!
44' HULK POR CIMA!! Grande jogada, com Alvaro Pereira a cruzar, Guarin não consegue rematar e a bola sobra para o brasileiro que se entretém com a bola e acaba por disparar forte, mas sem nexo!
59' GOOOOOOOLLLLLOOOOOOO!!! F.C. PORTO ! 0-1 por Guarín. O colombiano recebe um passe, roda e remata de longe, com violência. A bola bate no relvado antes de chegar à baliza e Gottardi, surpreendido, não consegue desviar!

domingo, 13 de março de 2011

U. LEIRIA - FCPORTO

O Guarín está convocado para o jogo de 2ªfeira contra o U.Leiria.

Lista de convocados: Helton, Maicon, Alvaro, Guarín, Belluschi, João Moutinho, Falcao, Cristian Rodríguez, Mariano, Hulk, Fucile, Rolando, Varela, James, Beto, Fernando, Rúben Micael e Otamendi.

Vejam o jogo U. LEIRIA - FCPORTO na SportTV, 2ªfeira , às 20:15h

abola.pt - Guarín e a frustração de quem joga menos



Guarín foi herói em Moscovo, também em Sevilha, e já ontem abordámos aqui a questão pelo facto de se questionar porque é que o colombiano não é mais vezes titular.

O assunto foi ontem escalpelizado pelo treinador na conferência de Imprensa. A BOLA confrontou-o com essa realidade, alargando o tema aos jogadores que são menos utilizados.

Como motivá-los? André não é homem de fugir a questões, por delicadas que sejam. Por isso, foi directo, embora sem individualizar. Disse o técnico: «Não é fácil nesta posição vivermos as frustrações individuais de muita gente que quer chegar ao onze inicial e não consegue. Acontece em todas as equipas. Há sempre alguém que fica ligeiramente mais triste e cada um tem a sua maneira de o demonstrar».

record.xl.pt - Tweet para Guarín (HERÓI DE MOSCOVO TEVE DIREITO A MENSAGEM)



Guarín voltou a ser decisivo, ao ter marcado o golo com que o FC Porto derrotou o CSKA, em Moscovo. Nessa partida, o colombiano foi titular, mas na memória ainda está a mensagem que deixou no Twitter, após o jogo em Braga, na qual dizia não saber que mais fazer para ser titular no FC Porto.

Pois bem, na conferência de ontem, Villas-Boas deixou-lhe uma resposta curta e direta, ao jeito das que são colocadas no Twitter.

“Não é fácil, nesta posição, vivermos as frustrações individuais de muita gente que quer chegar ao onze e não consegue...

sábado, 12 de março de 2011

Guarín e Varela no INHOUSE

Os futebolistas Guarín e Varela estiveram presentes hoje, pelas 16h, na Exponor, no âmbito do salão Inhouse.